Cartão Bolsa Família 2018

O cartão Bolsa Família é o documento que permite às milhões de famílias brasileiras que recebem esse benefício retirar o valor que lhes cabe a cada mês através da Caixa Econômica Federal.

Cartao Bolsa Familia 2018

Cartão Bolsa Família 2018: Cadastro, desbloquear e consulta saldo!

Entenda agora como fazer o Cartão Bolsa Família 2018. Além disso, confira outras informações interessantes como desbloquear, cadastrar senha, realizar saque, consultar saldo ou como pedir uma segunda via. Começamos?

Para que foi criado o programa social?

O Programa social Bolsa Família foi criado no ano de 2003 através de junção de diversos outros programas já existentes, inserindo num cadastro único os benefícios que, antes, eram administrados por alguns ministérios, reduzindo as chances de fraudes e permitindo que os valores sejam usados por quem realmente precisa, ou seja, por famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza.

O programa vem beneficiando cerca de 14 milhões de famílias de todo o território nacional, oferecendo um auxílio financeiro mensal, com valores variáveis de acordo com as características de cada família.O Bolsa Familia 2018

Para ter direito ao benefício, o responsável pela família deve fazer o seu Cadastro Único, apresentando todos os documentos exigidos e, se estiver enquadrada dentro dos requisitos exigidos pelo programa Bolsa Família, será inscrita e receberá o cartão Bolsa Família para que, todos os meses, possa receber o benefício.

Muitos que se inscrevem no Cadastro Único e consequentemente no Programa do Bolsa Família, aguardam o Cartão Bolsa Família para poder receber o benefício. Este cartão é enviado gratuitamente às famílias que entram no programa Bolsa Família. O envio é feito pelo correio, e junto com o cartão, vai um panfleto explicativo, com as principais orientações para a família.

Detalhes sobre o cartão Bolsa Família

O cartão magnético do Bolsa Família é destinado a todas as famílias integrantes do programa, servindo para receber o benefício todos os meses nos caixas eletrônicos das agências da Caixa Econômica Federal ou nas agências lotéricas.

Através do cartão é possível também acessar as informações sobre o Bolsa Família, como o extrato do benefício, as três últimas parcelas recebidas e a identificação dos beneficiários que participam daquele número de cadastro.

O cartão Bolsa Família possui 13 números para identificar a família, sendo que os primeiros 11 dígitos se referem ao NIS – Número de Identificação Social do responsável pela família, apresentando ainda o nome completo do responsável familiar, que se responsabiliza pelas informações prestadas ao Cadastro Único.Como ler o calendário de pagamentos Bolsa Família

Como fazer o cartão Bolsa Família

No CRAS é feito um cadastro, e com base no calculo geral da renda mensal por pessoa em sua residência, é possível saber se a família tem ou não direito a receber alguma ajuda dos programas sociais federais.

Para fazer o cálculo, deve se somar todas as fontes de renda da sua família, e dividir o resultado pelo numero de pessoas que moram na sua casa.

Por exemplo

Imagine uma família onde vivem na mesma casa a mãe, o pai, e quatro filhos pequenos, todos menores que seis anos de idade. São seis pessoas na casa.

Se nesta casa apenas o pai trabalhar, e receber cerca de R$950,00 mensais, este valor dividido por 6 é igual a R$158,00 por pessoa. A família então tem direito a receber alguns benefícios.

O valor deve ser menor ou igual a R$170,00 por pessoa para que a família se enquadre, nos casos em que a família recebe menos ou igual a R$85,00 por pessoa, a inclusão se dá por ‘condições de extrema pobreza’.

O cartão do programa Bolsa Família é confeccionado depois que a família é inscrita no programa pela própria Caixa Econômica Federal. A partir do momento em que a família é aprovada, a inscrição é feita no Cadastro Único e a Caixa Econômica se responsabiliza pela confecção do cartão, pela sua remessa ao responsável e pelo pagamento dos benefícios.

Depois da inscrição da família no programa, normalmente o cartão Bolsa Família é entregue em 30 a 45 dias. Assim, no mês seguinte à inscrição, a família já pode receber o benefício.

Nesse caso, é preciso ter atenção às datas. Se o cartão Bolsa Família não for entregue no endereço cadastrado dentro do prazo, tendo já direito ao benefício do programa, o responsável deve procurar a agência da Caixa Econômica Federal mais próxima de seu endereço, levando seus documentos de identificação, para receber o benefício.

Não sendo entregue no endereço da família cadastrada, o responsável pelo recebimento do benefício deve verificar se, acidentalmente, o cartão possa estar na agência. Em alguns casos, ocorre falha na entrega e os Correios devolvem o documento para a agência, onde deve ser procurado.

Onde posso me cadastrar?

Nas unidades do CRAS, ou em outros locais que a prefeitura disponibilizar.

Os documentos a serem levados são:

  • CPF ou Título de Eleitor, para quem vai ser o responsável pela família, geralmente a mulher responsável pela casa. Mae, tia, avó. No mínimo com 16 anos de idade.
  • Certidão de nascimento, Certidão de casamento, CPF, Carteira de identidade, Carteira de trabalho ou Título de eleitor para os outros membros da casa.

Levar uma conta de água ou luz como comprovante de residência facilita o cadastro. Recomenda-se ainda levar um comprovante de matricula das crianças na escola, e a carteirinha de vacinação. Ou ainda, a Carteira de trabalho.

Exceções são as famílias quilombolas e indígenas, que podem levar qualquer documento de identificação, inclusive, o Registro Administrativo de Nascimento Indígena.

Vale lembrar que o cadastro não fica completo sem documentos. Para quem não tem os documentos, é possível apenas começar o cadastro. Mas não há receber nenhum benefício sem que seja apresentado algum documento obrigatório.

No próprio CRAS é feito o encaminhamento para providenciar os documentos. Vale lembrar que a primeira via é gratuita, para quem tem baixa renda.      ​​

Como obtenho detalhes sobre o Cartão Bolsa Família?

Depois de feito o cadastro, e sua família ter sido selecionada, o cartão é enviado automaticamente para sua casa. Quando isto não acontece por algum motivo, é possível entrar em contato com o Atendimento Caixa ao Cidadão no 0800 726 02 07.

Quanto tempo demora em chegar?

O prazo normal para a entrega dos cartões do Bolsa Família para as famílias selecionadas é em média de 30 a 45 dias. Mas caso isto não ocorra, o indicado é ir até o CRAS, ou entrar em contato com a Caixa, diretamente na agencia, ou pelo número mencionado anteriormente.

Como ativar o cartão e cadastrar senha

Ao receber o cartão Bolsa Família ele chega desativado, o beneficiário responsável deve ativar e cadastrar uma senha, sem a qual não é possível receber o benefício. Como em qualquer cartão magnético, o seu uso só pode ser feito com uma senha pessoal e intransferível.

Dessa forma, assim que o responsável familiar tiver em mãos o cartão, deve entrar em contato gratuitamente para o número 0800 726 0207, pedindo o desbloqueio e a liberação para cadastrar a senha.

  • Ligar no número gratuito 0800-726-0207;
  • Digitar o número 5;
  • Digitar o número 2 (lembrando que é preciso ouvir a mensagem eletrônica);
  • Informar, também digitando, um dos números de identificação solicitados, como o NIS, o RG e o CPF.

Esse atendimento por telefone apenas funciona para desbloquear o cartão Bolsa Família. A senha deve ser cadastrada apenas através do atendimento presencial, garantindo assim maior segurança para o beneficiário.

Feito esse procedimento, o responsável pela unidade familiar deve comparecer a uma agência lotérica, levando o cartão Bolsa Família e um documento de identificação com foto, quando, então, poderá completar o cadastramento.

Antes de ir a agencia ou a lotérica, lembre-se de ligar no 0800 726 0207, para pedir o desbloqueio. Senão, não é possível cadastrar a senha depois.

Depois de cadastrar a senha, o atendente valida o cartão passando-o pelo terminal eletrônico, depois disso o novo cartão está pronto para uso. O procedimento é feito apenas pelo titular beneficiário, com a apresentação de um documento de edificação com foto.

Como cadastrar ou recadastrar a senha do Cartão Bolsa Família?

A senha do cartão Bolsa Família pode ser bloqueada no caso de não apresentação dos documentos para atualização ou se por acaso você perder o cartão e precisar recadastrar a senha, o processo é bem similar ao primeiro cadastro de senha, ligando para telefone gratuito do Atendimento Caixa ao Cidadão no 0800 726 02 07.

Você vai informar o número NIS, os dados da carteira de identidade e CPF, quando for solicitado. Depois deve pedir o desbloqueio do cartão e finalmente ir a uma agencia ou lotérica, com um documento de identificação com foto, para cadastrar uma senha nova.

No entanto, se a senha foi bloqueada por falta de atualização de dados, é necessário, antes, levar a documentação exigida ao posto de atendimento do Bolsa Família na prefeitura do município de residência da família.

Como pedir 2ª via do cartão Bolsa Família?

Se o beneficiário perder o cartão do Bolsa Família ou se ele for roubado ou quebrado, é necessário solicitar uma segunda via.

Para isso, a forma mais rápida e fácil é pedir autorização para cadastramento da senha nas casas Lotéricas pela central de atendimento Caixa ao Cidadão no 0800 726 0207. Esse procedimento só pode ser feito pelo responsável da unidade familiar.  Depois, ir até uma Lotérica ou  uma agência da CAIXA e cadastrar a senha.  A Caixa Econômica irá providenciar um novo cartão, sem qualquer custo.

Caso o cartão não chegue a tempo para o recebimento do próximo benefício, o responsável poderá retirar o pagamento no caixa da agência onde solicitou, levando seu documento de identificação.

Para sacar o Bolsa Família

Depois de feito o cadastramento da senha do Bolsa Família, o beneficiário poderá retirar mensalmente o benefício, obedecendo as datas do calendário de pagamento.

O pagamento é feito através do último número do cartão(Número NIS), obedecendo as datas estabelecidas pelo calendário da Caixa Econômica Federal, geralmente começando no dia 15 de cada mês para os cartões com final de número um e chegando ao final do mês com os cartões de final número zero.

Antes de receber o benefício mensal, o cartão Bolsa Família também serve para orientar o beneficiário com relação às datas de pagamento, podendo consultar o benefício através dos caixas eletrônicos.

Com o cartão Bolsa Família em mãos, o valor do benefício pode ser sacado, dentro das datas estabelecidas, em qualquer agência da Caixa Econômica Federal, nos caixas eletrônicos da Caixa, nas casas lotéricas ou nos correspondentes Caixa Aqui.

O cartão Bolsa Família, da mesma forma que o cartão Cidadão, também pode ser utilizado para consultar ou sacar outros benefícios, entre eles o seguro desemprego, o abono salarial do PIS e o FGTS.

Mensagem no extrato de pagamento

É importante ainda que o beneficiário tenha atenção nos dias de recebimento do benefício do Bolsa Família, observando se, no extrato de pagamento, não aparece qualquer mensagem para atualização de dados.

Havendo essa mensagem, é preciso comparecer ao posto de atendimento do Bolsa Família na prefeitura e atualizar os dados, para que o benefício continue sendo pago normalmente.qual é o valor do bolsa familia por pessoa

O cartão Bolsa Família deve ser guardado com todo cuidado, mantendo a senha em sigilo. Somente o responsável pela família deve utiliza-lo para evitar qualquer problema com o programa, garantindo assim o recebimento do benefício.

Estou sem o cartão posso sacar o benefício?

É possível sacar o beneficio sem o cartão, é só comparecer em uma agência da Caixa com um documento de identificação com foto e informar no caixa que esta sem o cartão.

O Bolsa Família pode ser depositado em conta poupança da Caixa

Quem não quer sacar tudo de uma vez pode optar por receber via poupança da caixa. A forma não é obrigatória. O beneficiário pode abrir uma Poupança Fácil Caixa, só precisa levar o CPF na agência. Se preferir, pode abrir também pela lotérica.

A poupança ainda dá direito a dois extratos impressos e dois saques sem custos por mês. O beneficiário pode ainda usar o cartão de debito para pagar contas com o benefício, diretamente a partir da poupança, sem ter que sacar antes para usar.

Quem pode receber o Bolsa Família?

Recebem as famílias em situação de pobreza, renda per capita entre R$ 85,01 a R$ 170,00, ou em pobreza extrema, com renda per capita de até R$ 85,00 por mês. Desde que sejam famílias com gestantes, nutrizes ou crianças de 0 e 17 anos.

Tipos de benefícios e valores

Algumas famílias recebem o benefício básico, outras recebem também o benefício variável, ou só o variável.

  • O benefício básico de R$ 85,00 é pago a famílias em situação de pobreza extrema, que vivem com uma renda mensal de até R$ 85,00 por pessoa.
  • Já o benefício Variável de R$ 39,00 é pago as famílias com renda mensal de até R$ 170,00 por pessoa, que também tenham em casa gestantes ou crianças de 0 a 15 anos.
  • Famílias com adolescentes entre 16 e 17 recebem o valor por adolescente de R$ 46,00 por mês.
  • A gestante recebe até 9 parcelas do Benefício Variável à Gestante – BVG. Durante toda a gravidez.
  • Para família com recém-nascidos, é possível receber o Benefício Variável Nutriz – BVN, de R$39,00 até seis parcelas. Quando a criança completa seis meses de idade.

Lembre-se! Para receber, é preciso ter feito o Cadastro Único. Ele pode ser feito no CRAS de sua região. Para saber qual é a unidade do CRAS mais perto de você, consulte um posto de saúde e pergunte a respeito.

Os valores pagos pelo programa Bolsa Família, embora reduzidos, têm o objetivo de ajudar as famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza a superar suas dificuldades e garantir melhor nível e maior qualidade de vida.

Como saber se seu benefício já está disponível para saque

Você pode fazer uma consulta aqui, no Portal Transparência, também, no site da Caixa, Benefícios Sociais. Ou pode entrar em contato com o programa pelo telefone atendimento Caixa ao Cidadão, o 0800 726 02 07. Você precisa digitar 2 e novamente o 2. Depois é só digitar o seu NIS.

Outro jeito para quem quiser consultar o calendário de pagamento do programa Bolsa Família seria por meio do aplicativo da Caixa. Vale dizer que o aplicativo mostra o Calendário e as agencias mais próximas para saque. E, de forma bem funcional, está disponível nas seguintes plataformas:

O programa vem ajudando mais de 14 milhões de brasileiros, desde 2003, o ano em que foi implementado.As famílias também podem ser suspensas de seus benefícios, caso estejam recebendo injustamente.

Deixe o seu Comentário!